O que é funil de vendas e a importância para sua estratégia de marketing

O funil de vendas é um processo dividido em etapas, por onde passa o cliente, e que é muito importante para as empresas.

É necessário que toda organização conte com ele para que suas estratégias em Inbound Marketing possam ser bem-sucedidas.

Além disso, o funil é compartilhado entre as equipes de marketing e de vendas da empresa, para que cada uma seja responsável por etapas específicas.

Devido a sua importância em um processo de vendas, neste artigo, vamos explicar o que é o funil de vendas e por que é necessária a produção de conteúdos para cada etapa.

O que é funil de vendas

O funil de vendas também pode ser conhecido como pipeline, e trata-se de uma estratégia que visa mostrar em qual etapa da venda o cliente se encontra.

Isso é feito desde o primeiro contato da pessoa com a marca, até o fechamento do negócio. 

Além disso, ele oferece suporte durante toda a jornada de compra dos clientes de uma empresa. As etapas são:

Topo de funil

Quando o cliente descobre uma necessidade e que tem um problema a ser resolvido.

Meio de funil

O consumidor já se tornou lead e já sabe que precisa de uma solução. Está buscando as melhores maneiras para encontrá-la.

Fundo de funil

Os leads se transformaram em oportunidades de venda.

Importância do funil de vendas

O funil de vendas é importante para que a empresa consiga traçar as melhores estratégias para atingir seus objetivos.

Por exemplo, se o cliente procura por uma oficina que conserta carro fazendo barulho, de alguma maneira, ele vai sinalizar essa necessidade. 

Isso, por sua vez, permite que as oficinas saibam quais ações precisam realizar para fechar negócio.

Quando o funil não está bem definido, as organizações acabam investindo em ações erradas, oferecendo conteúdos que não estão maduros o suficiente para a etapa em que o lead se encontra, ou então são muito precoces para outro consumidor.

Importância da produção de conteúdo adequado

Cada etapa do processo de vendas apresenta uma realidade diferente, dependendo de onde o cliente se encontra. 

Por isso, é necessário que os conteúdos estejam de acordo com essas etapas, para fazer o lead passar por todo o funil.

1 – Conteúdos topo de funil

Em um blog, um usuário leu um conteúdo sobre investigação detalhada e percebeu que precisa deste serviço para fiscalizar uma área contaminada. 

Os conteúdos desta etapa são mais curtos e têm como intenção esclarecer algumas dúvidas. E dentre as opções estão:

  • Guias;
  • Dicas;
  • Listas;
  • Tutoriais;
  • Webinars;
  • Vídeos.

2 – Conteúdos meio de funil

Aqui o lead possui um conhecimento maior e já pode ter acesso a conteúdos mais profundos. 

Por exemplo, se ele pesquisou sobre seringa insulina caixa 100 unidades e já leu alguns conteúdos, passa a ter perguntas mais específicas.

Sendo assim, bons conteúdos seriam:

  • E-books;
  • Podcasts;
  • Apresentação de slides;
  • Infográficos.

3 – Conteúdos fundo de funil

Essas pessoas já estão próximas de fechar negócio, ou seja, são oportunidades reais de venda. 

Por isso, a empresa já pode praticar uma abordagem diretamente com a equipe de vendas, pois o cliente também está interessado na marca.

Nesse contexto, os melhores conteúdos a serem oferecidos são:

  • Cases de clientes;
  • Demonstrações/amostras;
  • Depoimentos;
  • Reviews de produtos.

4 – Conteúdo pós-venda

Muitas empresas cometem o erro de acreditar que depois da venda, a missão está cumprida. Mas depois que o cliente compra, é o momento de fidelizá-lo.

A lealdade e o relacionamento entre marca e consumidor são muito importantes, por isso, é necessário continuar produzindo conteúdos para quem já comprou. Principalmente tendo em vista que é mais barato fidelizar do que conquistar clientes.

Sendo assim, os melhores conteúdos para essas pessoas são:

  • Ofertas especiais;
  • Vídeos explicativos;
  • Suporte especializado;
  • Tutoriais avançados.

Conclusão

O funil de vendas é importante para qualquer empresa, desde fabricantes de vacinas veterinárias, até redes de lojas de departamento. Ele também é um aliado para que a marca entenda seu consumidor e ofereça a ele conteúdo único e personalizado.

Dessa forma, é possível atender às suas necessidades e trazê-lo para perto da marca, atravessando cada etapa do processo. 

A internet oferece ao consumidor moderno muitas oportunidades e maneiras de consumir um mesmo produto ou serviço.

Cabe à cada organização saber trabalhar com essa estratégia que atravessa todo o processo de vendas, trazendo todas as informações que o cliente precisa. 

Por isso, investir em um funil de vendas é agilizar a compra e satisfazer o consumidor.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *