Qual a melhor forma de negociar minhas dívidas?

Fazer uma negociação de dívidas nem sempre é uma tarefa fácil. Sabemos que, atualmente, a maioria dos brasileiros está endividada. Ou seja, se você está nessa situação, saiba que não está sozinho. 

E é exatamente por isso que preparamos esse artigo, para mostrar a você qual é a melhor forma de quitar dívidas, fazendo negociações que te permitam arcar com o valor existente de forma que você não se enrole mais financeiramente. 

Então, sem mais delongas, vamos ao texto.

Por que tenho dívidas? 

O primeiro passo é analisar porque você tem uma dívida. Isso pode acontecer porque você pegou um empréstimo que não conseguiu quitá-lo ou utilizou o cartão de crédito com um limite muito alto e acabou se enrolando, por exemplo. 

Ou seja, entenda qual foi o motivo que gerou esse valor pendente. Saber identificar isso ajuda você a evitar futuros problemas iguais. Dessa forma, além de quitar a dívida atual, você corre menos risco de se envolver em uma nova.

Como organizar minhas finanças? 

Depois que você identifica de onde vem a sua despesa, consegue organizar suas finanças porque aquele é o primeiro passo para organizar as suas economias.

Diante disso, você precisa, primeiramente, fazer uma análise da sua situação financeira. Para isso, faça um fluxo de caixa dos seus últimos meses, analisando todas as suas receitas e despesas. 

A partir disso, você consegue identificar quais custos está exagerando e consegue cortar. Ou também pode considerar uma receita extra através de trabalhos como, por exemplo, motorista de aplicativo, artesão ou freelancer. 

Com essa economia ou dinheiro extra conseguido, você pode organizar as finanças quitando o empréstimo que deve ou pagando uma dívida de cartão de crédito, por exemplo. O que importa é sanar todas suas dívidas atualmente existentes e limpar o seu nome.

Vantagens de renegociar as dívidas

Como falamos, fazer uma negociação de dívida vale muito a pena. Primeiramente, você paga um valor, muitas vezes, menor do que o inicial. Além disso, você também consegue negociar o prazo de pagamento para que não seja tão difícil quitar a dívida presente.

Outra vantagem de negociar as dívidas é que os bancos e instituições financeiras costumam ser muito abertos ao diálogo. Dessa forma, você pode fazer uma proposta, explicar a sua situação e verificar se eles aceitam o que foi proposto. 

Além disso, ainda podemos citar outro benefício. Você consegue limpar o seu nome, muitas vezes, de forma relativamente rápida. Basta ter organização e o cuidado para realmente arcar com as mensalidades combinadas e você não voltar a se enrolar financeiramente.

Como renegociar minhas dívidas?

Vamos mostrar rapidamente um passo a passo para você renegociar suas dívidas.

Primeiramente, identifique de onde ela vem, como explicamos ao longo deste texto. Em seguida, faça um plano para identificar quanto dessa dívida você consegue pagar. 

Para isso, identifique quais despesas são mais superficiais e você consegue cortar. Pense em uma forma de conseguir uma receita extra, fazendo trabalhos como venda de doces, 

freelancers como redator, ou trabalho como motorista de aplicativo, por exemplo 

Quando você fizer a análise e identificar quanto você pode pagar de dívida, entre em contato com a sua instituição financeira e faça uma proposta. Mostre a ela que a sua ideia é sólida e que você realmente está comprometido em acabar com aquela dívida, e não apenas será reduzido o valor para você continuar devendo. 

Como já comentamos, a maioria dos bancos estão abertos a esse tipo de diálogo. E isso acontece porque eles não querem sair ainda mais no prejuízo. 

Uma outra opção que você tem é pegar um empréstimo que tenha uma taxa menor do que a sua dívida atual. Assim, você substitui uma dívida pela outra, mas fica com a opção mais barata para você. 

E, nesse quesito, os empréstimos com garantia são os que valem mais a pena porque eles têm as menores taxas do mercado, os maiores prazos de pagamento e costumam liberar um valor de crédito também superior ao da média do mercado.

Cuidados para não cair em dívidas novamente

Por fim, a nossa última dica depois que você conseguir quitar dívidas, é ter cuidado para não ficar endividado novamente.

A melhor forma de fazer isso é se estruturar financeiramente e se organizar para não gastar mais do que você ganha. 

Se você não consegue controlar o cartão de crédito, por exemplo, experimente diminuir o limite que o banco oferece. Assim, você tem menos chances de entrar em dívidas. 

Outra opção mais radical é somente pagar compras à vista. Isso te força a só adquirir aquilo que você tem dinheiro no momento para quitar e evita, também, que você volte a dever dinheiro. 

Além disso, também é muito importante comentarmos que você só deve solicitar um empréstimo se tiver a garantia de que conseguirá arcar com aquele valor. Sabendo que imprevistos acontecem. Você pode ficar desempregado, por exemplo, ou ter uma despesa alta que não estava prevista e acabar se enrolando.

Mas procure fazer uma reserva financeira. Assim, quando esse tipo de situação acontecer, você não estará totalmente despreparado e não voltará a se afundar em dívidas que podem acabar virando uma bola de neve.

Saiba porque o empréstimo pode ser uma solução efetiva para negativados

Conheça 5 vantagens de fazer um empréstimo para quitar uma dívida antiga e assim limpar o seu nome

No Brasil, existem muitas pessoas que estão inadimplentes. Segundo dados do Serasa Experian, hoje já existem mais de 60 milhões de brasileiros que estão negativados.

Nesse cenário, por mais contraintuitivo que pareça, muitos especialistas defendem a ideia de realizar um empréstimo para quitar uma dívida antiga e assim deixar o nome limpo novamente.

E isso é até provável hoje em dia, já que existem instituições financeiras com soluções de empréstimo para negativado que ajudam esse perfil a melhorar sua condição financeira.

Para mostrar a você que essa prática realmente funciona, separamos abaixo 5 resultados que você consegue alcançar ao realizar um empréstimo para quitar uma dívida.

1. Parcelas que cabem no seu bolso

O primeiro ponto positivo de fazer um novo empréstimo é que com ele você consegue acessar novas condições de parcelamentos e até juros mais atrativos.

E isso é algo importante se levarmos em consideração que a maioria dos brasileiros que está endividada hoje, não consegue quitar a sua dívida porque os valores dela já estão muito altos devido aos diversos juros de atrasos de pagamento.

Dessa forma, ao realizar um novo empréstimo, você consegue ter o valor à vista para quitar a sua dívida e assim lidar com uma parcela que cabe no seu bolso.

2. Resolve o que está se arrastando a meses

Outro ponto bem positivo do empréstimo é que, muitas vezes, você consegue receber em sua conta o valor total para quitar a dívida e assim não ficar com nenhuma pendência com a instituição.

Assim, caso você tenha uma dívida ativa há meses ou anos que esteja atrapalhando a sua vida ao deixar seu nome sujo ou encher seu celular com ligações de telemarketing, você consegue resolver esse problema com apenas uma ação simples.

E, não podemos esquecer que quando você consegue quitar uma dívida realizando um pagamento à vista, também é possível acessar outra vantagem que você conhece melhor a seguir.

3. Desconto na hora de quitar a dívida

Você provavelmente já deve ter renegociado a dívida diversas vezes, mas, devido aos juros abusivos que são cobrados, a negociação não se tornou uma alternativa viável para quitar essa dívida.

No entanto, a maioria das instituições financeiras oferecem descontos no valor da dívida quando você pode quitá-la à vista.

Afinal de contas, provavelmente o valor que você realmente deve para a instituição está bem mais baixo do que o valor atual devido aos juros.

Sendo assim, em um cenário em que você pode pagar à vista, é possível que a instituição ofereça um desconto no montante de juros aplicados anteriormente.

4. Menos tempo endividado

Outra característica positiva que poucas pessoas pensam é que ao fazer um novo empréstimo, você pode conseguir diminuir o tempo que ficaria pagando uma dívida.

Assim, caso você consiga fechar um empréstimo com um bom valor de parcelas, talvez possa quitar em 12 meses uma dívida que ia durar 24 meses, por exemplo.

Claro que antes de fazer isso, é fundamental analisar seu financeiro e ver se o valor da parcela fica viável para você pagar. Mas, em um novo empréstimo, é possível que você acesse condições melhores de pagamento.

5. Deixa seu nome limpo

Enquanto você tiver uma dívida em aberto, o seu nome ficará sujo e impedirá você de acessar diversos serviços financeiros.

No entanto, a partir do momento que você quitar essa dívida, o seu nome volta a ficar limpo e com uma boa reputação no mercado.

Dessa forma, basta que você realize o pagamento certinho do novo empréstimo contratado para assim manter o seu nome limpo e poder acessar outros serviços financeiros sem maiores problemas!

O que explica a volatilidade do bitcoin

A volatilidade do bitcoin afasta alguns investidores, mas aproxima outros. Entenda a razão e como ela acontece

Volatilidade: afinal, por que ela é tão grande nas criptomoedas? Essa é uma dúvida que muitos ainda buscam responder, mas não sabem o motivo.

De fato: tanto o bitcoin quanto outras criptomoedas são muito mais voláteis do que os ativos do mercado tradicional, como ações e fundos imobiliários. Mas isso pode ser uma oportunidade.

No artigo abaixo, você vai entender tudo sobre o funcionamento da volatilidade do bitcoin e os motivos para isso acontecer.

Qual é a volatilidade do Bitcoin?

Em primeiro lugar, é importante entender o conceito de volatilidade: um ativo financeiro volátil significa que ele varia de preço de forma considerável, falando de forma prática.

Por exemplo: se um ativo tem a cotação máxima anual de R$50 e mínima de R$48, sua volatilidade é baixa. Entretanto, se a máxima anual é de R$50 e a mínima, R$20, então ela é alta.

E, de fato, a volatilidade do bitcoin é muito mais alta do que é comum observar nos mercados tradicionais: basta verificar a evolução do preço ao longo dos anos, com máximas e mínimas anuais com grandes variações.

Existem várias metodologias para medir a volatilidade de um ativo, mas uma das mais conhecidas é a do desvio padrão. Segundo essa métrica, a volatilidade do Bitcoin está em cerca de 55%.

Ao longo dos anos, o Bitcoin tem diminuído sua volatilidade: em 2014, ela era de 160%. Já em 2018, foi para 90%. Hoje, ela está em 55% e só tende a diminuir conforme o mercado for incorporando esse ativo no ecossistema financeiro.

Volatilidade: Bitcoin x Ações

Uma vez que a volatilidade anual do Bitcoin está em 55% atualmente, é possível chegar à conclusão de que esse valor é muito mais alto do que mercados mais tradicionais.

Por exemplo: o índice Ibovespa, benchmark do mercado de ações brasileiro, possui volatilidade anual de 21%. Já a volatilidade histórica do S&P 500, benchmark das ações nos EUA (mercado mais desenvolvido) está na casa dos 15%.

Entretanto, ao comparar o bitcoin com algumas ações de tecnologia, é interessante notar que o segundo grupo também se comporta de maneira volátil: Facebook, Tesla, Netflix, Uber e muitas outras possuem volatilidades parecidas.

No entanto, não acusam essas empresas de serem pirâmides ou ativos meramente especulativos. Pelo contrário: investidores de todo o mundo reconhecem essas empresas como importantes para a economia. Por isso, fica claro que a volatilidade não é um problema em si.

Por que o Bitcoin é volátil?

A volatilidade do Bitcoin acontece porque essa é uma tecnologia relativamente nova, tendo sido criada apenas em 2009. Isso faz com que o mercado não dê tanta atenção ao ativo e, consequentemente, que ele seja precificado com menos eficiência.

Além disso, como quantias menores de dinheiro são necessárias para movimentar o mercado de forma brusca, alguns especuladores com muito capital usam isso a seu favor para distorcer preços no curto prazo.

E, por fim, os investidores ainda não acreditam totalmente na tecnologia. Por isso, qualquer notícia negativa já é capaz de colocar o mercado para baixo, pois as pessoas preferem vender seus BTC quando veem um cenário de incerteza.

Entretanto, com o desenvolvimento da tecnologia, é natural que essa volatilidade diminua e que o mercado olhe com mais atenção para os criptoativos.

Volatilidade: uma oportunidade de investimento

Por fim, é importante ressaltar que a volatilidade em si não é algo negativo: ela representa, na verdade, uma oportunidade de comprar um ativo financeiro de qualidade por um preço mais atrativo.

Nesse sentido, aqueles que compram bitcoin quando o mercado está em baixa conseguem maiores quantidades desse ativo por um valor menor, o que pode beneficiar a acumulação de patrimônio para o longo prazo.

O retorno anualizado do bitcoin é superior aos 200%, mostrando como adquirir esse ativo pode ajudar na multiplicação de capital. Por isso, pode ser interessante ao investidor a compra de cripto nos momentos de baixa.

Quando é a hora certa de solicitar um empréstimo? E qual devo escolher?

Fazer um empréstimo é algo muito comum entre os brasileiros. Com a facilidade para contratar, além das poucas restrições, esta opção é excelente para solucionar diversas questões financeiras, seja quitar dívidas ou investir em um negócio, por exemplo. 

Mas justamente por todas as vantagens é preciso parar e refletir sobre os reais motivos para emprestar esse dinheiro, além de tomar todos os cuidados necessários. 

Quer fazer um empréstimo, mas se sente confuso com os processos? Continue o texto e entenda todos os detalhes que precisa.

Qual a sua realidade?

Antes de fazer o empréstimo é preciso considerar quatro pontos essenciais:

  • Qual o objetivo do empréstimo?
  • Quanto poderá pagar por ele?
  • É realmente uma necessidade ou um desejo?
  • O que acontecerá se esperar para juntar a grana e pagar à vista? Coloque na balança.

Agora que conseguiu parar para pensar com mais clareza, pode seguir para o próximo tópico.

Será que é a hora certa de pedir um empréstimo? 

Como saber o momento ideal de pedir um empréstimo? Tenha em mente que além da parcela mensal que precisará pagar, é essencial deixar uma margem para caso aconteça algum imprevisto – e sempre acontecem –, como perder o emprego, ser roubado, entre outras situações. 

Se você planejar com cuidado, o empréstimo pode ser ótimo para te ajudar. Confira alguns motivos frequentes no Brasil quando falamos em empréstimo:

  • Sair do vermelho.
  • Construir ou reformar a casa.
  • Pagar alguma despesa de emergência;
  • Pagar o mínimo do cartão ou parcelar as faturas.

Abaixo você confere algumas opções com mais detalhes:

Aumentar o capital de giro ou aumentar a empresa

Essa é uma das razões para se fazer um empréstimo, muito comum, inclusive, especialmente com o aumento dos negócios próprios na última década. 

O capital de giro nada mais é que o valor que a sua empresa tem em caixa para pagar as contas durante um certo período. Ele é o responsável para você não ficar no negativo ou chegar até a falência. 

O empréstimo empresarial para capital de giro funciona como uma reserva, para você recorrer quando houver imprevistos.

Caso você esteja planejando aumentar os negócios, um bom dinheiro será necessário para suprir tudo isso, como ampliar o estoque ou o espaço físico, comprar novos equipamentos ou contratar mais funcionários. Com um bom planejamento, seu faturamento tende a crescer, tendo parte do retorno para quitar as parcelas do empréstimo.

Tirar alguma ideia do papel

Quais objetivos deseja alcançar? Veja algumas das opções mais comuns: 

Estudar

Quer aprimorar seus conhecimentos, crescer profissionalmente ou começar uma nova carreira? Você pode fazer o empréstimo para pagar um curso de idiomas, um intercambio, a mensalidade de graduação ou uma pós/MBA. 

Viajar

A maioria das pessoas tem o sonho de viajar, seja pelo território nacional ou pelo mundo. Sabemos que quanto mais longe ou longa for a viagem, mais caro ficará. Apesar das diferentes ofertas em agências ou sites de viagens, o empréstimo te possibilitará pagar tudo à vista, organizando-se financeiramente melhor.

Casar-se

Obviamente você pode fazer um casório simples gastando pouco, mas muitas pessoas idealizam o casamento dos sonhos, como em filmes ou novelas. A organização desse momento único inclui muitos detalhes. Confira alguns: 

  • Alimentação;
  • Bebidas;
  • Convites;
  • Doces e salgados;
  • Decoração;
  • Cerimônias (civil e religiosa);
  • Fotos e vídeos;
  • Roupas dos noivos;
  • Dia da noiva;
  • Lua de mel.

A lista pode ser ainda maior se contarmos com as lembrancinhas, pista de dança, bartender, entre outros. O empréstimo te dará a quantia que precisa, podendo pagar tudo à vista – como no caso anterior.

É possível fazer o empréstimo estando negativado?

Falamos dos empréstimos no geral, mas e para negativados, pode? Sim, você tem a possibilidade de emprestar o dinheiro que precisa mesmo estando com o nome sujo.

Obviamente não terá as vantagens de um empréstimo para quem paga as contas em dia, afinal, a instituição financeira analisa vários dados sobre você, como:

  • A sua renda mensal, definindo a sua capacidade para pagar as futuras parcelas;
  • O seu relacionamento com a instituição financeira, como os serviços contratados e a sua pontualidade nos pagamentos gerais;
  • O seu perfil financeiro, como histórico de dívidas, pontuação de crédito, entre outros.

Quando identificarem que você possui dívidas atrasadas, o banco entenderá que emprestar esse dinheiro será um risco para eles. Ou seja, diferente de quem possui um bom perfil ao pedir o empréstimo, para você pode ter restrições, como valores mais baixos, um prazo para pagar mais curto, taxas de juros maiores ou mesmo alguma exigência de garantia.

Qual o tipo ideal de empréstimo 

Há diferentes tipos de empréstimo, mas abaixo listamos os mais comuns (e com menos juros) do mercado:

Empréstimo pessoal 

Conhecido também como “crédito pessoal”, essa opção é oferecida pela maioria das instituições financeiras. A escolha mais indicada para diferentes necessidades, como:

  • Pagamento de dívidas;
  • Compras de alto valor;
  • Investimentos;
  • Viagens;
  • E muito mais!

Aqui você fará o seu pedido, escolhendo como usará o seu dinheiro – terá bastante liberdade. Apesar de ter pouca burocracia, analise sempre as taxas e condições de pagamento. Os juros variam de acordo com a negociação firmada, além da política da empresa. 

Após coletarem a sua documentação, a instituição fará uma análise de crédito para verificar se você terá reais condições para quitar a dívida durante os próximos meses. O que é analisado? Dívidas, seus hábitos de consumo, entre outros dados.

Caso esteja tudo certo, a aprovação poderá ser feita no mesmo dia. Aproveite e veja nossas condições para o empréstimo pessoal.

Empréstimo com Garantia

Outra modalidade bem conhecida é o empréstimo com garantia, seja de imóvel ou automóvel. Fazer o empréstimo com algum bem como garantia costuma ter as menores taxas do mercado. E por quê? Ao registrar a garantia, as instituições terão uma segurança no caso de você não fazer os futuros pagamentos – pode ser feito por pessoas físicas ou jurídicas. 

Obs: você poderá continuar usando o seu bem normalmente durante o pagamento das parcelas. Lembrando que se não tiver os pagamentos em dia, terá o risco de perder o bem, sendo leiloado posteriormente. Após concluir todo o pagamento, ele retornará para você. 

Neste link você pode conferir mais detalhes sobre o nosso empréstimo com garantia de veículo.

Principais tipos de hospedagem em viagens

Você sempre fica em dúvida na hora de escolher uma hospedagem na hora de viajar? Veja os principais tipos e os prós e contras de cada um deles!

Existem várias formas de viajar. E o bom é que cada viajante pode explorar diferentes formas para descobrir se tem alguma de sua preferência. Enquanto alguns preferem viagens com bastante contato com a natureza e experiências diferenciadas daquelas vividas no cotidiano fora da viagem, outros priorizam a total tranquilidade e passeios pelos principais pontos turísticos de um lugar.

Uma boa viagem necessita de alguns itens básicos. Um deles é caprichar na hospedagem para carregar a energia e se preparar para as aventuras do dia seguinte. Você sempre fica na dúvida sobre como escolher o hotel perfeito? Confira a seguir os principais tipos de hospedagens em viagens!

Hotel

Esse é um dos estabelecimentos mais tradicionais quando o assunto é hospedagem. Esse estabelecimento comercial disponibiliza estadia em quartos individuais (ou de casais) e oferece serviços como café da manhã, serviço de quarto, entre outros exemplos. Hotéis com mais estrelas e mais complexos podem até oferecer spa, academia, sala de TV, massagem, etc.

Uma das maiores vantagens de se hospedar em hotéis é a total privacidade. Se você prioriza somente descansar, sem precisar lavar uma louça e ter acesso a serviços de forma rápida, o hotel é uma boa hospedagem para você. Por outro lado, se você adora socializar, talvez seja melhor procurar outra hospedagem, já que é comum que os hóspedes de hotéis prefiram ficar mais reservados.

Pousada

Esse tipo de estabelecimento oferece tipos mais variados de hospedagem, como quartos individuais, bangalôs e chalés. As pousadas costumam ser bastante aconchegantes, intimistas e ótimas para quem gosta de um contato mais direto com a natureza.

A maioria das pousadas costuma oferecer serviço de quarto e café da manhã. Contudo, é bom verificar, pois isso depende do tamanho da pousada. Diferentemente dos hotéis (que podem ser prédios com diversos andares), as pousadas podem chegar a ter no máximo três andares.

As vantagens de se hospedar em pousadas é que elas oferecem um clima mais intimista e menos impessoal. Algumas pousadas permitem aos usuários utilizar a cozinha, o que pode ser bom para socializar com outros hóspedes e preparar algumas refeições rápidas. Por outro lado, pousadas não costumam oferecer o número de serviços mais facilmente encontrados em hotéis, por isso, verifique a disponibilidade.

Resort

O resort nada mais é do que um hotel comercial, que além dos serviços básicos de acomodação, oferece também uma infraestrutura completa de lazer e entretenimento. Em sua grande maioria, disponibiliza serviços de alimentação completo, spa, academia, piscina quente e fria, recreação, trilhas e outras atividades em meio a natureza. Para um meio de hospedagem ser considerado resort, é preciso oferecer todo tipo de serviço necessário para o hóspede, sem que ele precise sair de suas mediações.

Hotel Fazenda

A diferença básica entre o hotel e o hotel fazenda é a localização do segundo, marcado por se situar em áreas rurais, com bastante contato com a natureza. Hotéis fazenda também oferecem serviços básicos de alimentação e hospedagem, mas, além disso, vivências no campo e atividades de entretenimento, tais como trilhas, visitas a animais (peixes, coelhos, pássaros), passeios a cavalo, entre outros exemplos.

Hotéis fazenda são ótimos para quem curte relaxar e realizar atividades minimamente diferentes, sendo especialmente estratégicos para quem viaja com crianças. Sobre os aspectos difíceis estão: pode haver dificuldades para chegar ao hotel fazenda (dependendo das condições das estradas que levam até ela).

Bed and Breakfast

Esse modelo, traduzido para o português “Cama e Café”, caracteriza-se por ser um estabelecimento residencial em que os proprietários do imóvel oferecem aos hóspedes um quarto e um café da manhã.

Esse modelo de hospedagem é bastante comum em países da Europa e ganha popularidade no Brasil. Como as pousadas, possuem um clima bastante intimista, mas é preciso ter um bom contato com os anfitriões e estar plenamente de acordo com as regras estabelecidas, se não, pode haver problemas.

empréstimo pessoal online seguro

Onde solicitar empréstimo pessoal seguro online?

Se você está procurando saber mais sobre empréstimo pessoal seguro online, está no conteúdo certo! Ao longo deste artigo falaremos tudo o que você precisa saber sobre empréstimo pessoal seguro detalhadamente e simplificada.

Estamos vivendo tempos modernos, onde a maioria dos serviços podem ser realizados por meio da internet, e não seria diferente com os empréstimos pessoais. Isso é uma ótima notícia, visto que o processo se torna mais rápido e descomplicado.

Mas, sabemos que ainda existem muitas dúvidas em volta deste assunto, por isso, continue a leitura até o final para descobrir:

  • como contratar um empréstimo pessoal online seguro?
  • quais cuidados devo seguir para conseguir um empréstimo pessoal seguro?
  • quais as melhores empresas de empréstimo online e seguro?
  • preciso de um empréstimo pessoal online seguro. Consigo uma aprovação rápida?

Vamos lá?

Como contratar um empréstimo pessoal online seguro?

Contratar um empréstimo online e seguro pode ser uma tarefa complicada sem o direcionamento correto. Afinal, é preciso ter alguns cuidados na hora da escolha (que listamos no próximo tópico), além de escolher a melhor opção para seus objetivos.

O ponto principal é que você deve escolher uma instituição de confiança, autorizada pelo Banco Central para realizar esse tipo de serviço. Além de verificar se a mesma está proporcionando o melhor custo-benefício para o que deseja.

Vale ressaltar ser imprescindível que não passe nenhuma senha pessoal para ninguém, e também não realize nenhum tipo de transação antecipada. Isso garantirá maior segurança na hora de sua solicitação de empréstimo, e evitará cair em armadilhas. 

Quais cuidados devo seguir para conseguir um empréstimo pessoal seguro?

Separamos uma lista com os principais cuidados que você ter no momento de contratar um empréstimo pessoal online seguro, confira:

  • Faça a solicitação de seu empréstimo pessoal online de uma empresa renomada: é preciso tomar muito cuidado com a escolha da empresa que irá solicitar seu empréstimo, dado que a mesma precisa ser reconhecida e autorizada pelo Banco Central;
  • Verifique a reputação da empresa: sites como o Reclame Aqui é ideal para você analisar o serviço da organização que está pensando em solicitar seu empréstimo. Confirme se a reputação é boa, ou não, isso é fundamental na hora da escolha;
  • Verifique se o site é oficial: é de extrema importância verificar se o site onde irá solicitar seu empréstimo é, de fato, oficial da empresa em questão. Para isso, verifique se o site acessado é o mesmo que o informado nas redes sociais, além de conferir o CNPJ da empresa.

Quais as melhores empresas de empréstimo online e seguro?

Existem várias opções de empresas que oferecem empréstimo pessoal online e seguro, mas como dissemos, é preciso saber identificar as melhores e autorizadas para evitar problemas. 

Para te ajudar nessa missão, listamos abaixo as melhores empresas de empréstimo online e seguro, veja:

SIM

A Sim é uma das melhores opções quando o assunto é empréstimo, visto que ela oferece a opção de empréstimo pessoal sem garantia com base no seu histórico financeiro. 

Além de todo o processo ser 100% online e seguro, é possível realizar o pagamento em até 36x, e você ainda conta com o dinheiro rápido direto na sua conta.

Portanto, se você quer solicitar um empréstimo rápido e seguro, a SIM é uma excelente escolha. 

JUST

A Just é outra ótima opção para quem está buscando taxas de juros personalizadas. Sim, é isso mesmo. Ela oferece taxas de acordo com o seu perfil e solicitação, facilitando a vida da maioria de seus clientes, não é mesmo?

Além disso, veja abaixo os principais benefícios de escolher a JUST:

  • dinheiro na conta em até 2 dias úteis;
  • parcelamento em até 24x;
  • crédito de até R$ 35.000,00.

LOSANGO

A Losango é ideal para quem está procurando contratar empréstimo pessoal seguro online sem burocracia e com agilidade. 

A mesma trabalha com preços diferenciados para cada perfil de cliente e com parcelamento de até 36x. Sem contar que você ainda pode pagar a primeira parcela em até 60 dias.

Além dessas opções, existem outras empresas igualmente qualificadas para quem está buscando esse tipo de serviço.

Preciso de um empréstimo pessoal online seguro. Consigo uma aprovação rápida?

Essa é uma dúvida bem comum, principalmente para quem está iniciando neste universos de empréstimos. E a resposta é que irá depender da empresa escolhida por você, visto que cada instituição tem o seu tempo para validar e aprovar sua solicitação.

Para saber, vale entrar em contato com a organização escolhida para sua solicitação e questionar o tempo para a análise. Geralmente, a análise é realizada de forma rápida, principalmente de empresas que prezam pelo bom atendimento ao cliente.

Considerações finais sobre empréstimo pessoal seguro online

Para recapitular o que aprendeu neste conteúdo, confira abaixo os tópicos que abordamos:

  • Como contratar um empréstimo pessoal online seguro?
  • Quais cuidados devo seguir para conseguir um empréstimo pessoal seguro?
  • Quais as melhores empresas de empréstimo online e seguro?
  • Preciso de um empréstimo pessoal online seguro. Consigo uma aprovação rápida?

Fique à vontade para voltar a leitura sempre que achar necessário.

Agora, é com você!

Também queremos saber a sua opinião, este conteúdo te ajudou? Deixe nos comentários. 

E caso tenha ficado alguma dúvida, fique à vontade para escrever também!

Como investir 100 reais e ter retorno rápido? Descubra aqui!

Você está precisando de uma renda extra, não tem muito dinheiro e quer saber como investir 100 reais e ter retorno rápido?

Então chegou no lugar certo!

Infelizmente, muitas pessoas acabam desistindo de ter um negócio porque acham que é necessário um grande investimento, no entanto, hoje existem algumas alternativas bem interessantes.

Independentemente da sua escolha, tenha em mente que os resultados estão diretamente ligados ao seu esforço e dedicação, ou seja, dependem exclusivamente de você.

Portanto, continue a leitura e descubra como ter retorno rápido com apenas 100 reais.

Por onde começar?

Antes de você ter ideia de como investir 100 reais e ter retorno rápido, é importante definir bem seus objetivos, pois ao ter metas claras, isso te ajuda a manter o foco e fazer de tudo para alcançá-las.

Procure pesquisar por coisas que você gostaria de fazer e estudar se é viável ou não começar um negócio com 100 reais.

E no caso de ser algo totalmente novo, busque o máximo de informações e tire suas dúvidas com especialistas, particularmente se tratar de investimento propriamente dito.

A seguir, vamos passar algumas ideias do que você pode fazer com apenas 100 reais e ter um retorno rápido. 

Como investir 100 reais e ter retorno rápido?

Vamos passar aqui algumas ideias de como investir 100 reais e ter retorno rápido, e diferentemente do que muitos pensam, que investir é para gente rica, essa ideia está totalmente errada.

Confira, a seguir, algumas ideias onde você pode investir com apenas 100 reais:

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um título público destinado para pessoas físicas, e a partir de 30 reais já é possível investir.

É como se você emprestasse dinheiro ao Governo Federal e receberia esse valor de volta acrescido de juros.

Vale a pena se informar antes como funciona, pois os rendimentos podem ser atrelados à taxa Selic, ao IPCA ou uma taxa prefixada.

Vender lingerie

Se você tem muitos contatos e um espírito empreendedor, poderia vender peças de lingerie, e com certeza, o retorno é bem atrativo.

O ideal é encontrar um fornecedor que, além de oferecer um produto de qualidade, seja com um preço que permita você revender lucrando.

A dica é postar fotos nas suas redes sociais, e uma outra ideia é distribuir panfletos no seu condomínio, escola das crianças…

Fundos de investimento

Quem está começando a investir agora e tem ainda um certo receio, os fundos de investimento são uma boa opção.

De uma forma simples: você compra cotas de um fundo administrado por um gestor, que é o responsável por fazer as melhores aplicações.

É como se fosse o condomínio de um prédio, onde os investidores são os condôminos e a gestão fica sob a responsabilidade do síndico.

Hoje em dia, existem vários tipos de fundos de investimento: de renda fixa, variável e fundos multimercado.

Fazer e vender doces

Se você tem habilidades culinárias, saiba que doces gourmet estão em alta, e é outra ideia de como investir 100 reais e ter retorno rápido.

Já que muitas pessoas também estão trabalhando nesse nicho, para se diferenciar dos seus concorrentes, vale a pena apostar em receitas diferentes.

Como você está começando, tenha um cuidado especial com a apresentação do seu produto, pois funcionaria como um cartão de visitas.

Conclusão

Esses são apenas alguns exemplos de coisas que você pode fazer com apenas 100 reais, basta uma pesquisa na internet para encontrar muitas outras ideias de investimento.

Seja o que você escolher, uma dica é com o retorno obtido, você reinvestir seu dinheiro, pois assim, seus rendimentos serão bem maiores!

Empréstimo Pessoal Fácil

Empréstimo Pessoal Fácil: O Que Você Precisa Saber!

Obter empréstimo no Brasil pode não ser nada fácil para quem tem baixa renda. Segundo levantamento feito pela fintech FinanZero, publicado na Exame, os perfis preferidos pelos bancos são os de: 

  • funcionários de empresa privada;
  • casados;
  • com casa financiada;
  • empresários;
  • pós-graduados.

Só para ilustrar, pessoas que só têm o ensino médio possuem o índice de aprovados de somente 22% segundo o levantamento. Se você estiver nesse quadro, é líquido e certo de que você não conseguirá, e, portanto, o melhor será desistir, certo?

Não se você ler o nosso texto, aqui, nós daremos dicas sobre como conseguir um empréstimo pessoal fácil, bem como o que é e tudo que precisa saber para estar no meio dos aprovados.

O que é empréstimo pessoal fácil?

O empréstimo pessoal fácil é um produto financeiro ofertado pelas instituições financeiras aos seus clientes, cujo objetivo é o empréstimo de uma quantia, sem a necessidade de uma justificativa sobre a sua finalidade de uso pelo solicitante ao credor.

Ele é diferente do financiamento, que para ser solicitado, o banco exige que haja uma finalidade maior para o uso do dinheiro, tal como, a compra de um imóvel ou de um carro, por exemplo. 

Por isso, o empréstimo pessoal fácil não tem esse nome à toa: exige menos burocracia do que o financiamento, que, por sua vez, determina que haja mais documentos comprobatórios para que ocorra a operação financeira.

No entanto, é preciso prestar atenção aos juros cobrados, pois o empréstimo pessoal pode ser até fácil, mas podem ser mais caros e com um prazo mais curto do que você poderá pagar. Bom, para não cair em cilada, veja como o empréstimo pessoal fácil e rápido funciona?

Como o empréstimo pessoal rápido e fácil funciona?

Para obter um empréstimo pessoal fácil será preciso que, primeiramente, solicite um empréstimo pessoal, seja presencialmente, seja online, nas instituições financeiras. Antes de firmarem contrato, o banco exige faz uma análise de crédito que possui 5 fases:

  1. Requerimento dos dados cadastrais (CPF, RG, CNH e entre outros)
  2. Verificação se há restrições em seu CPF;
  3. Verificação do score de crédito, que nada mais é do que o seu histórico de bom pagador;
  4. Verificação do comprometimento de renda;
  5. Análise final dos documentos exigidos;

Passar pela análise é fundamental para que os bancos tenham certeza de que não levará calote do cliente. Será nesta fase que os juros serão definidos, caso ele veja risco na operação, maiores serão as taxas cobradas para você ou até mesmo evitando a liberação da quantia.

Mas, se ele vir que você é um bom pagador, a liberação do empréstimo pessoal fácil é rápida, podendo ser em alguns casos no mesmo dia, sem a necessidade de uma justificativa para o uso.

Onde consigo empréstimo fácil?

Se entendeu como funciona, talvez esteja se perguntando: “onde consigo empréstimo fácil?” Respondendo diretamente, você conseguirá em qualquer instituição financeira que se propõe a oferecer este tipo de produto. 

Tanto alguns bancos tradicionais quanto outros bancos digitais fazem empréstimo pessoal fácil. Mas, é preciso ficar atento para não cair em golpes ou em propostas que podem ser extremamente desvantajosas para o seu bolso.

Portanto, conheça alguns cuidados que você deve tomar na hora de escolher o lugar certo para solicitar um empréstimo pessoal fácil:

  1. 1. Nunca pague para solicitar crédito

Desconfie de bancos que oferecem crédito mediante pagamento. Isso é proibido por lei. Para evitar o transtorno, veja no site do Banco Central se o tal banco é reconhecido pela instituição nacional.

Além disso, verifique o selo da ANEPS, ela é uma associação autorizadora de empréstimo, ter o seu selo é fundamental para ter mais confiabilidade para a solicitação do empréstimo pessoal fácil.

  1. 2. Pesquise bem a reputação do banco

Independentemente da origem do banco, todo bom serviço ou produto é reconhecido facilmente pelo seu público. 

Portanto, faça um bom pente fino antes de solicitar um empréstimo pessoal fácil. Pesquise bem a marca, veja os comentários dos clientes nos sites oficiais ou no “Reclame Aqui”, por exemplo, e avalie se a maioria deles são positivos ou não sobre a qualidade do serviço.

  1. 3. Verifique em mais de um banco

Assim como cada supermercado precifica o pão que você compra todo dia, cada banco adotará uma taxa de juros diferente de acordo com o empréstimo. 

Portanto, não se atenha à primeira proposta, pesquise bem a política de prazos e de juros de cada instituição antes de aceitar qualquer empréstimo, senão você poderá perder uma oportunidade boa de um crédito fácil e barato.

Como se planejar para pegar um empréstimo pessoal fácil?

Se já achou o banco certo para solicitar empréstimo pessoal fácil, ótimo! Mas, como se planejar para ele? Bom, é preciso que entenda este crédito como uma dívida que você terá de arcar a curto e médio prazo. Além do custo da quantia ofertada, haverá o encargo de juros, que variam entre as instituições financeiras. 

Por isso, já deixe bem definida a finalidade para a qual você irá pedir o empréstimo, mesmo que não necessite explicá-la ao banco. Ademais, você deve sempre:

  • Pagar as contas na data de vencimento ou antecipadamente as dívidas assim que puder;
  • Liquidar sempre uma dívida caso tenha um dinheiro integral;
  • Sempre se livrar de pendências financeiras.

Além disso, sempre pesquise bem onde você irá pegar o seu empréstimo pessoal fácil para não pagar juros enormes. Aqui, na Empréstimo Hoje, auxiliamos você a escolher as melhores opções de empréstimo pessoal para o seu bolso. Venha com a gente!

melhores cartoes com cashback

Madero Cashback: Como Funciona? Saiba como aproveitar este benefício!

Você sabia que o Madero Cashback possui inúmeras vantagens para os clientes da rede? Confira como utilizar e quais os benefícios desse programa! Aproveite e boa leitura!

O Madero Cashback é mais um plano de vantagens disponível aos clientes consumidores da rede. Atualmente, a modalidade de cashback se espalhou por variados segmentos, sobretudo do varejo e com o Madero não foi diferente!

Agora, imagina gerar cashback até mesmo na alimentação? Pois bem, o Cashback Madero chega com essa proposta, ainda desconhecida pelo grande público, mas essencial para quem é consumidor frequente da rede.

Com mais de 150 unidades espalhadas pelo Brasil, o Madero Fidelidade é um recurso pouco conhecido, mas que é capaz de dar inúmeras vantagens, principalmente a quem frequenta a franquia.

Dessa maneira, através deste artigo, destrinchamos como funciona o Madero Cashback, suas vantagens e tudo o que você precisa saber sobre esse plano de fidelidade. Acompanhe até o final e descubra tudo sobre o Madero fidelidade!

Como funciona o Madero Cashback? 

Para receber o cashback Madero, o primeiro passo é realizar um cadastro via site oficial da rede de restaurantes. Basta ir ao site do plano de fidelidade Madero e clicar em ‘Cadastre-se’. 

O cadastro é bastante prático, objetivo e simples de ser feito, com informações básicas a serem preenchidas nos campos solicitados. Depois de preencher tudo, o cadastro já estará confirmado para utilizar o Madero Cashback. 

Como utilizar o cashback do Madero?

Para usufruir das vantagens, basta seguir consumindo nos restaurantes da rede e, claro, informar o CPF no momento de pagar pela refeição. As compras acumulam créditos nos restaurantes e estes, por sua vez, são convertidos em cashback Madero.

Vale ressaltar, porém, que existe uma pequena taxa feita em cima do consumo do cliente nos últimos seis meses. 

Dessa forma, quando há a realização do cadastro, é necessário consumir nos restaurantes Madero por um período de seis meses. O consumo em um semestre será a base de cálculo para a taxa ao qual o cliente possui direito.

Como funciona o plano Madero fidelidade?

Existem quatro categorias diferentes no plano Madero fidelidade. Os valores são variáveis segundo o consumo do cliente – como já reforçado – nos últimos seis meses, abrangendo, assim:

  • Madero Cashback White: primeira categoria do plano e que não dá cashback. Em caso da soma de consumo nos últimos seis meses não ultrapasse os R$ 299, o cliente permanece na modalidade e não garante o seu cashback;
  • Madero Cashback Blue: se o consumo estiver entre R$ 300 e R$ 899,99 no último semestre, o cliente tem direito a 3% de cashback Madero em cima do valor integral;
  • Madero Cashback Green: consumo entre R$ 900 e R$ 1.899,99 no último semestre? Direito a 5% de cashback sobre o valor total. 
  • Madero Cashback Black: o mais alto das categorias envolve consumo superior a R$ 1.900 nos últimos seis meses. O cliente, dessa maneira, terá direito a 10% de cashback sobre o valor integral. 

Os créditos, vale lembrar, só começaram a contar a partir do mês de cadastro, não sendo possível resgatar créditos retroativos. 

Assim que houver os seis meses de consumo, o cliente pode ir até o site, preencher o campo de login e checar os valores a serem recebidos.

Vantagens e desvantagens do cashback do Madero

Como em qualquer plano de fidelidade, o cashback Madero possui seus prós e contras de integrar-se. 

Valendo muito para quem costuma frequentar as redes, ele pode já não ser a melhor das alternativas para quem visita um restaurante Madero esporadicamente.

Ainda assim, os planos apresentam interessantes vantagens, como as boas taxas de cashback, que podem chegar a 10% do valor gasto, sendo extremamente atrativo para quem visita frequentemente o local.

No entanto, o que pesa para o cliente é a validade dos pontos. De seis em seis meses, há uma recontagem do valor pensando nas categorias (White, Blue, Green e Black) de cada consumidor, o que exige o uso dos pontos acumulados em um curto espaço de tempo. 

Conheça os cartões Madero

Dentro das vantagens disponíveis, o restaurante aceita toda forma de pagamento para gerar pontos, o que inclui, por exemplo, cartões Madero vale-presente

Ou seja, não é necessário comprar e gastar imediatamente para ter acesso ao plano de fidelidade mais alto.

É possível, por exemplo, fazer a compra de vale-presentes para o consumo ao longo de um espaço de tempo, gerando o cashback Madero e, além disso, acumulando pontos para subir degraus no plano de fidelidade.

Cartões de vale-presente Madero

  • Madero vale-presente de R$ 50
  • Madero vale-presente de R$ 100
  • Madero vale-presente de R$ 150

Os cartões Madero vale-presente podem ser resgatados em qualquer umas das 150 lojas da franquia espalhados pelo Brasil. Além disso, é possível consultar pelo site os valores do vale-presente recebido e utilizado.

Claro que o grande empecilho do Madero cashback está no tempo para usufruir dos benefícios. Afinal, são 180 dias até o primeiro resgate, o que pode ser um problema para muitos consumidores.

Mas e você, gostou do modelo Cashback Madero? Para você que quer saber mais sobre este tema, recomendamos esta lista dos mais diferentes cartões de crédito com cashback. Até porque, cashback nunca é demais, certo? 
Ainda, para quem se interessa por este assunto, temos em nosso blog diversos artigos de excelência sobre como funciona o benefício dos cartões de crédito de desconto. Confira e não esqueça de compartilhar com seus amigos!

Descubra como escolher um escritório de coworking

Você sabe o que é coworking ?

Se ainda não conhece os escritórios de coworking para freelancers que tanto tem dado para falar ultimamente …

Neste post, vamos dar algumas dicas para escolher um escritório de coworking e não cometer erros ao tentar.

Você quer saber como?

À frente!

Continue lendo.

Quanto ao conceito, destacamos que o coworking é um novo estilo de trabalho em que a palavra compartilhar passa a ser relevante.

Assim, desde freelancers a empreendedores participam no mesmo espaço físico e / ou virtual em que realizam projetos.

Mas esses projetos não são apenas individuais para cada pessoa que participa, mas também dão origem à colaboração como o próprio nome sugere.

Eu faço o que você não pode e você faz o que eu não posso. Juntos podemos fazer grandes coisas.- Madre Teresa de Calcutá

Em todo o caso, este conceito é relativamente recente e faz parte de uma mudança de perspectiva a nível social e económico.

Por outro lado, como veremos adiante, é bastante benéfico para todos os setores que participam de um projeto .

O que é necessário em um coworking

Nesse sentido, para escolher um escritório de coworking é preciso estar atento aos serviços que ele oferece.

Por exemplo:

Vantagens e desvantagens do coworking

Em primeiro lugar, vamos falar sobre as vantagens de escolher um escritório de coworking .

Preço

Claro, esta é uma das principais vantagens.

Bem, certamente será muito mais lucrativo do que alugar um escritório , com todos os serviços incluídos.

Flexibilidade

Como dissemos, as facilidades que um coworking oferece não se baseiam apenas em serviços ou espaços.

Mas você pode escolher diferentes tipos de taxas dependendo do horário em que for usá-lo.

Conciliação e rotina

Também pode ser que você seja uma daquelas pessoas que tem dificuldade em seguir a rotina do trabalho em casa por algum motivo.

Bem, talvez esse motivo seja devido à reconciliação com sua vida familiar; aquela separação forçada que tanto preocupa você e precisa ser feita.

Nestes casos, escolher um escritório de coworking pode ser uma das melhores opções para você.

Porque pode aumentar consideravelmente a sua produtividade , desde que estes espaços estejam preparados para isso.

Networking

Talvez você não tenha pensado nisso.

Mas colaborar com outras pessoas externas pode gerar novas oportunidades que você não esperava na forma de sinergias .

Assim, você trabalhará lado a lado com profissionais talentosos como você, podendo inspirar e inspirar você a continuar crescendo.

Boa.

Agora que você conhece as vantagens de escolher um escritório de coworking , queremos que conheça algumas das desvantagens que elas apresentam.

Assim, você pode decidir com a maior quantidade de informações ao seu alcance.

Cronograma

Anteriormente, dissemos que normalmente os escritórios de coworking apresentam opções de flexibilidade bastante vantajosas.

Porém, depende do coworking que você escolher, será que você terá horas mais restritas ou menos.

Nesse sentido, você sabe que sempre terá que se adaptar a eles e, a menos que escolha a versão 24h (se permitida), poderá se encontrar com um pouco de falta de tempo.

Distrações

Como você sabe, escolher um escritório de coworking significa trabalhar com mais pessoas como você no mesmo lugar.

Portanto, se você se considera uma pessoa que precisa de muito silêncio para se concentrar em suas tarefas, pode custar-lhe um pouco mais aqui.

Privacidade

Talvez não, mas algumas pessoas acham esses espaços um pouco estranhos quando se trata de ter conversas confidenciais pelo telefone.

O que você acha de todas essas vantagens e desvantagens?

Na verdade, se sua escala se inclinar para o lado das vantagens depois de ler este texto, preste atenção ao que vem a seguir.

Pois bem, propomos uma série de dicas de como escolher um escritório de coworking adequado às suas necessidades.

4 dicas sobre como escolher um escritório de coworking

Para começar com essas dicas para escolher um escritório de coworking , você deve primeiro considerar o preço.

Se tivermos em conta que um dos motivos da escolha de um escritório de coworking para desenvolver a sua atividade é a redução de custos, não faz sentido que ao comparar as alternativas se descuide dos custos que cada uma lhe oferece.

Da mesma forma, atento a possíveis promoções ou descontos.

Assim, outro ponto a levar em consideração na escolha de um escritório de coworking são as atividades e serviços adicionais que são oferecidos.

E, para escolher um escritório de coworking, devemos estar atentos à realização de palestras, mesas redondas ou reuniões.

Bem, com certeza você deseja que as relações de networking que são alcançadas neste tipo de centros profissionais sejam fortalecidas.

Além disso, outro aspecto fundamental na escolha de um escritório de coworking é a possibilidade de flexibilizar o horário de trabalho .

Talvez até alugar vagas por hora, por dia, mensalidades, etc.

Assim, você só paga pelo que realmente precisa.

Por fim, outra dica para a escolha de um escritório de coworking é procurar centros especializados ou mais focados em um determinado perfil.

Embora não seja o mais comum, se você achar que pode ser útil trabalhar com mais pessoas na mesma área profissional.

Agora que você conhece alguns segredos para escolher um escritório de coworking , só precisa decidir sobre um.

E assim você participa desses centros ideais para a criação e gestão de microempresas de todos os tipos.

Visite: beeworkrp.com.br