Contratar seguro automóvel: 5 Dicas na hora de contratar

Atualmente, os altos índices de roubos de veículos e somente contar com a sorte quando se fala em segurança dos automóveis, são alguns dos motivos para você contratar seguro automóvel. A contratação do mesmo é indicada logo que você adquire seu veículo, afinal, só você sabe quanto de economia esse bem não te custou e você não vai querer perde-lo de uma hora para outra.

Então, se você está pensando em contratar seguro automóvel, fique atento a esse texto, pois separamos 5 dicas na hora de contratar. Confira:

1.    Ressarcimento total em casos de roubo ou furto

Confira se o contratar seguro automóvel que você está pensando em contratar conta com esse tipo de cobertura. Caso o seu veículo seja roubado ou furtado, você não fica na mão. Se ele não for localizado pelas autoridades, a seguradora irá fazer o ressarcimento do valor total de acordo com a tabela FIPE do ano vigente.

2.    Fenômenos naturais

Existem seguradoras no mercado que oferecem coberturas para fenômenos naturais. Se o seu veículo for danificado por situações que você não pode controlar ou prever, como tempestades, descargas elétricas, vendavais e alagamentos, você estará totalmente amparado.

3.    Colisões

Verifique as coberturas de colisões. Todas as pessoas estão propícias a sofrer acidentes e colisões. Seja por sua culpa ou não. Os seguros te darão total assistência, desde o momento, até o conserto do seu veículo e se necessários de terceiros. Assim, você fica tranquilo, de que não terá gastos inesperados.

4.    Acidentes pessoais e de passageiros

Ao contratar seguro automóvel, verifique a cobertura para acidentes pessoais e de passageiros. Nessa cobertura, a seguradora protege quem está dentro do veículo em caso de algum acidente, em caso de mortes ou danos físicos.

5.    Reboque

Contrate um seguro que ofereça reboque. Se o seu veículo sofrer alguma pane elétrica ou de motor, ou até mesmo um acidente e você não conseguir mais andar com seu automóvel, o seu seguro automóvel te dará a assistência através do reboque.

Cartão de crédito: 4 Formas de pedir cartão de crédito com baixas taxas

Hoje em dia, a utilização de dinheiro em papel e cheque como forma de pagamento só cai em desuso. Contudo, a quantidade de utilização de cartão de crédito cresce ano após ano.

O cartão de crédito foi produzido com o objetivo de ser um defensor do orçamento pessoal, graças a seus prazos e parcelamentos, contudo, passou a ser para muitas pessoas, um adversário, isso se deve a muitas vezes causadas das taxas, anuidades e juros fora do controle.

Essas taxas e valores, habitualmente, são esquecidos no instante da obtenção de um novo cartão de crédito, e é lembrado apenas no instante do pagamento das faturas. Esse tipo de questão pode ser amenizado e até mesmo evitado.

Formas de solicitar cartão de crédito com baixas taxas

Existem algumas atitudes que podem ser tomadas no instante da contratação do seu cartão de crédito, junto a intenção de baixar as taxas e anuidades cobradas. Veja a seguir quais são:

1.      Antes de encerrar a negociação compare cartões de diversos bancos:

Faça uma simulação dos cartões oferecidos pelo seu banco e pelas outras instituições financeiras e compare as taxas e serviços oferecidos.

2.      Opte por cartão de crédito que jamais cobre anuidade ou negocie esse valor:

Existem no mercado alguns cartões que não cobram anuidade, dê prioridade para eles.

3.      Cuidado com taxas extras:

Alguns cartões não cobram taxas de juros e anuidade, porém, cobram outras taxas, como de saque, parcelamento de divididas e de serviço. Tais taxas podem sair mais caras do que a anuidade de outro cartão de crédito.

4.      Pesquise as opiniões de pessoas que já possuam o cartão de crédito:

Não existe forma melhor de mensurar um serviço do que a avaliação de quem já o possui, então, procure alguém que já tenha aquele cartão e peça sua avaliação.

Consultar CPF: 2 sites confiáveis para consultar seu cpf

Se você já teve ou tem dívidas pendentes no mercado e deseja conferir como se encontra seu cpf, e qual a dívida que se encontra em aberto, vamos mostrar dois sites confiáveis e gratuitos que oferecem essa consulta.

Normalmente esse serviço de consultar CPF é gerido por empresas de controle de crédito, as quais são privadas e cobram para seu fornecimento. Muitos estabelecimentos são conveniados com essas empresas como SCPC, SPC, Serasa, para poderem realizar consultas quando forem fornecer créditos a seus clientes.

As pessoas físicas que querem realizar a consultar CPF precisam ter certa cautela. Pois muitos sites não confiáveis vão divulgar que oferecem esse serviço, para obtê-lo é preciso fornecer o número de seu CPF. Passar o número desse importante documento à um provedor estranho pode lhe trazer problemas no futuro, caso essas informações sejam usadas de forma ilícita.

Essas empresas que oferecem o serviço de proteção ao crédito para estabelecimentos comerciais, disponibilizam uma contratação de consulta individual para pessoa física de seu próprio CPF. Em seus estabelecimentos físicos oferecem a consulta de forma gratuita, para quem se dirigir até eles.


Algumas delas já oferecem essa consulta online de forma gratuita da situação do CPF. As que oferecem consulta de forma gratuita são o Serasa, através do dite serasa consumidor, e o SCPC. Para realização da consulta da situação de seu cpf, é preciso realizar um cadastro no site dessas instituições. Ambas são duas grandes empresas que oferecem grande credibilidade, sendo as mais confiáveis e indicadas para realizar uma consulta gratuita.

Se você nunca fez nenhuma consulta em seu CPF, vale a pena dar uma conferida no site de alguma dessas empresas. Lembrando que é sempre importante manter seus compromissos financeiros em dia para obter um cadastro positivo de seu cpf. Pois mesmo que sua dívida seja pequena, se não for negociada irá comprometer seu cadastro. Podendo lhe prejudicar em caso de abertura de novos contratos com credores, e aprovação de crédito.

Quando custa um seguro automóvel para Golf?

Antes de comprar um carro, vale ficar atento com todos os custos relacionados. Além de impostos, gasolina e manutenção, um gasto essencial para evitar problemas no futuro é com o seguro do automóvel. Com o Golf não é diferente. Fabricado desde 1974, o modelo chegou ao Brasil em 1995, quando já estava em sua terceira geração. Por ser um carro com diversos modelos e versões, o valor do seguro automóvel para Golf também varia bastante.

Como o Golf é um carro que custa cerca de R$90.000, a média nacional de seguro automóvel para o Golf não é baixa: R$3300, levando em conta todos os modelos e versões. Além da variação de acordo com o tipo do carro e da maneira como foi adquirido, os preços também mudam segundo o perfil do cliente. Aí é preciso levar em conta o gênero, idade, localização e estado civil, entre outros fatores.

Por exemplo, uma mulher de 35 anos casada que vive no interior de São Paulo pagaria R$2460 pelo seguro automóvel do Golf. Já um homem solteiro de 26 anos morador de Curitiba teria que desembolsar R$4100. A variação ocorre devido a avaliação de risco que o perfil do cliente representa. Fica evidente que ser casado, morar numa cidade menor e ter mais de 30 anos contam a favor da mulher usada como exemplo.

Uma dica preciosa para conseguir boas cotações de seguro automóvel para Golf, e para qualquer outro veículo, é definir exatamente que tipo de cobertura você precisa. Se optar apenas por opções contra roubo e furto, o preço do seguro fica mais acessível. Também há um desconto especial para quem já fez seguros anteriormente e não teve qualquer sinistro. O tipo de franquia contratada também afeta o preço. Franquias ampliadas, por exemplo, significam um seguro de automóvel Golf mais barato, mas em caso de sinistro você terá que pagar mais.

As próprias seguradoras possibilitam a simulação do seguro antes da contratação. Alguns sites, como Bidu e ComparaOnline também podem ajudá-lo a fazer uma cotação de seguro automóvel Golf que se encaixe bem com seu perfil de motorista e caiba no seu bolso.

Dicas para estudar para o Enem 2019

O enem 2019 está chegando e com ele o desespero dos estudantes. Essa é uma época desgastante para quem anseia por uma boa nota para ingressar na faculdade.

Se você está começando a estudar para o Enem 2019 mas está se sentindo perdido, sem saber por onde começar. Nesse post vamos te dar algumas dicas para facilitar o estudo.

1 – Faça um planejamento de estudos para o Enem 2019

O planejamento é necessário para tudo na vida e isso inclui principalmente o estudo. Se você não cria um planejamento, pode ficar perdido em meio a tantas matérias que podem cair na prova.

Por isso no Enem 2019,  é muito importante mapear qual será o foco do seu estudo, quais dias estudará quais matérias. Esse planejamento é fundamental para começar a estudar para o Enem 2019.

Porém, é importante que esse planejamento seja bastante realista. Não adianta você querer estudar tudo em um único dia. Estabeleça um prazo justo, que você conseguirá cumprir para e siga o roteiro sem procrastinar.

2 – Descubra um método que funciona pra você

É importante para o Enem 2019, que você desenvolva um método de estudo que funcione para você. É válido que você consulte os métodos que as pessoas estão utilizando, e pesquise o que é produtivo.

Você pode se perguntar qual é o tempo ideal para estudar pro Enem 2019. Os especialistas indicam que seja no mínimo três horas por dia. Mas é claro que isso varia de pessoa pra pessoa. Separe mais tempo para as matérias que você tem mais dificuldade.

Porém, de nada adianta utilizar um método que não funciona para você. Entenda que você tem uma individualidade e respeite isso.

Para criar a sua organização, você pode utilizar um caderno, uma agenda, um computador ou até mesmo seu celular. Existem aplicativos de celular que podem ajudar bastante na organização.

3 – Crie seu material de revisão

Crie um material próprio de revisão. Quando revisamos um material de revisão após o estudo, o nosso cérebro grava melhor a matéria e dessa forma fica mais fácil estudar.

Enquanto você resume aquilo que aprendeu, seu cérebro absorve novamente e de uma forma exclusivamente sua. O seu resumo estará de acordo com a parte que você aprendeu melhor, que é o seu jeito de aprender.

Dê preferência para as matérias que você tem mais dificuldade em assimilar e crie o seu próprio resumo. Que pode ser com escrita, gráfico e desenhos.

Essa é uma ótima maneira de estudar para o Enem 2019 e ser competitivo no resultado.

Seguro viagem nacional

Seguro viagem nacional: tire suas principais dúvidas sobre o assunto

O seguro viagem nacional é uma assistência que trabalha com o objetivo de cobrir despesas imprevistas a caminho do seu destino ou enquanto estiver nele.

Se acontecer um acidente na viagem, por exemplo, ou perder os documentos, estará protegido, evitando dores de cabeça e gastos bem maiores do que o que previa fazer.

Quando elaboramos nossas férias ou viagem de negócios, imaginamos que tudo vai correr como foi planejado e não queremos nada que possa estragar aquele momento com a família ou colegas de trabalho.

Por isso é tão importante o seguro viagem nacional, pois ele te ajuda a resolver aquelas questões inusitadas que podem ocorrer com qualquer pessoa.

Além disso, você tem diversas vantagens, como: assistência médica, odontológica, assistência funeral (em caso de morte), translado de corpo, cancelamento de voo etc.

Quer saber mais sobre o assunto e tirar as suas principais dúvidas? Fique aqui até o final!

O que você pode incluir em um seguro de viagem nacional?

Podem ser incluídos no seu seguro de viagem nacional:

  • Bagagem extraviada;
  • Assistência funeral;
  • Cancelamento de voo;
  • Assistência jurídica;
  • Perda de documento, entre outros.

Essas coberturas podem já vir no plano escolhido ou você pode adicioná-las à parte se quiser, basta solicitar e pagar a taxa a mais, que varia de acordo com a seguradora.

Os serviços adicionais sempre podem ser incluídos no seguro viagem caso você tenha algo específico que precise.

Por que devo contratar o seguro viagem nacional? Ele funciona mesmo?

É importante fazer o contrato quando a viagem for em outro estado que você não more, e ele pode ser feito com antecedência, para que você possa pesquisar a apólice de seguro com tranquilidade.

O grande motivo para contratar um seguro nacional de viagem é evitar problemas e despesas desnecessárias com imprevistos fora do seu estado.

Caso você precise usar o seguro viagem nacional, pode ter a certeza que irá funcionar. Mas para que o atendimento seja satisfatório, pesquise bem sobre a empresa com a qual você fará seu contrato – isso pode fazer toda a diferença em sua viagem.

Está em dúvida sobre como utilizar o seguro? A gente te explica!

Caso necessite de utilizá-lo na viagem, basta ligar para a operadora do seguro e seguir as recomendações corretas que foram passadas para o contratante.

Além disso, o atendente irá explicar as formas de reembolso, caso seja do seu gosto, entre outras informações importantes.

Como contratar o seguro viagem?

Você pode contratar o seguro viagem nacional por sites confiáveis de empresas responsáveis, o que vai fazer a diferença para que você se sinta realmente protegido.

Por isso, faça cotação, compare os valores, vantagens e desvantagens do serviço oferecido e confira se o atendimento é diferenciado (24 horas, por e-mail, telefone etc).

Faça uma análise mais detalhada e deixe sua viagem ainda melhor com o seguro viagem nacional.

Não é porque sua viagem não está sendo para fora do país que você não deve se planejar e deixar de fazer algo que pode te beneficiar e evitar uma baita dor de cabeça.

Antes de terminar, é importante que você saiba: o seguro viagem só é válido para os dias contratados.

E aí, gostou das informações? Ainda tem alguma dúvida? Deixe seu comentário, ele é muito importante.

Pós graduação Online: As melhores faculdades de pós online do Brasil

As faculdades e universidades que oferecem a modalidade de ensino a distância (EAD) no Brasil vem crescendo de forma impressionante. Mas, muitos ainda pensam que são apenas cursos de graduação que são oferecidos, porém, os cursos de pós graduação onlinesão os que contam com maior crescimento de matrículas.

Ainda há muita resistência quando o assunto é ensino a distância. As pessoas acham que o ensino é de qualidade inferior aos convencionais e que a credibilidade de um diploma é totalmente diferente. Mas, o Ministério da Educação (MEC) avalia as instituições que oferecem cursos online de forma rigorosa.

Avaliação do MEC

O MEC possui um sistema de avaliação que conta com dois índices:

  • Índice geral de cursos (IGC);
  • Conceito Institucional (CI).

Além dos cursos serem avaliados através desses índices, as ementas são avaliadas individualmente e atribuídas notas que estão entre 0 e 5.

Todas avaliações que o MEC realiza são públicas e estão disponíveis para consulta através do site oficial do ministério. Se você está procurando uma instituição para faze o seu curso a distância nunca esqueça de consultar a avaliação antes de fazer a matrícula.

Melhores instituições para fazer pós graduação online

Separamos, para você que está querendo começar a sua pós graduação online, as melhores instituições de ensino de acordo com a avaliação do MEC, confira abaixo:

  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) – Privada
  • Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAP) – Privada 
  • Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV-EAESP) – Privada
  • Escola de Direito do Rio de Janeiro (DIREITO RIO) – Privada
  • Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic (SLMANDIC) – Privada
  • Fundação Universidade Federal do ABC (UFABC) – Pública
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO) – Privada
  • Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) – Privada 
  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) – Pública 
  • Universidade Federal de Lavras (UFLA) – Pública 
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Pública 
seguro automóvel para Hilux

Quanto custa um seguro automóvel para Hilux?

Saber o valor do seguro automóvel para Hilux é o primeiro passe que as pessoas que desejam comprar essa picape devem ter, antes mesmo de pesquisar o preço do automóvel.

Mesmo não sendo obrigatório, o seguro para automóveis é uma forma do proprietário do bem proteger seu investimento, se prevenindo de eventuais danos e problemas.

O seguro, diferente do que algumas pessoas supõem, não serve somente para casos de furtos e roubos, ele auxilia os condutores do automóvel em diversas situações destoantes.

Dependendo do contrato que for escolhido, o dono consegue proteger seu veículo tanto em situações de alagamento como em ocasiões onde a picape precisa ser rebocada pelo guincho.

Existem diversos tipos de planos e seguros diferentes, ficando a critério do condutor optar por aquele que melhor se encaixa as suas necessidades, alterando o valor do seguro diretamente.

Qual o valor do seguro automóvel para Hilux?

Os interessados em obter o seguro automóvel para Hilux devem ter em mente que, muitas vezes, o contrato oferecido pela seguradora pode não ser adequado para sua situação.

Para saber o preço do seguro para a picape, o dono do veículo deve entender que as características do automóvel e seu perfil vão interferir diretamente no preço.

Além desses elementos, outro fator que influencia diretamente no valor da apólice é o tipo de contrato escolhido pelo dono da picape.

Isso quer dizer que o proprietário do veículo consegue obter valores menores que vão de acordo com suas necessidades, conseguindo um contrato mais barato ao escolher sabiamente o seguro.

Por exemplo, se o veículo está localizado em uma região onde não há perigo de alagamentos, o proprietário da Hilux pode tirar esse item do seguro de sua picape, barateando o contrato.

Mas, inicialmente, é necessário saber o preço médio do contrato, que é de R$6100,00. A partir desse ponto, fica mais fácil saber o valor do seguro automóvel para Hilux de acordo com as necessidades.

Contratar seguro automóvel: 3 Dicas na hora de contratar

Com tantas opções para contratar seguro automóvel, é comum ficar confuso ou na dúvida sobre qual a melhor assistência. As seguradoras oferecem cada vez mais assistências e planos com valores diferentes, tornando o processo um pouco complicado.

Para evitar contratações erradas é preciso ficar atento às suas necessidades pessoais e as coberturas oferecidas pelos seguros. Pensando nisso, elaboramos esse artigo com 3 dicas de como contratar seguro automóvel.

Coloque-as em prática e garanta a proteção veicular ideal para proteger você e seu veículo.

Descubra o seu objetivo para contratar seguro automóvel

Descobrir o seu objetivo para contratar seguro automóvel ajudará você a escolher a melhor proteção do mercado. Por isso, reflita com cuidado as razões pelas quais deseja contratar esse serviço, elas podem ser por:

  • Proteger o carro contra roubos e furtos;
  • Garantir assistência a terceiros em caso de acidentes;
  • Ter assistência contra alagamentos;
  • Acesso à mecânicos e guinchos 24 horas.

A partir dessa análise você está pronto para fazer a cotação do seu seguro automóvel.

Faça uma cotação antes de contratar seguro automóvel

Com a cotação do seguro automóvel você consegue comparar os preços e coberturas das principais seguradoras do país. Assim é possível economizar e contratar seguro automóvel sob medida para as suas necessidades.

As plataformas de cotação na internet são 100% gratuitas e exibem resultados de até 8 seguradoras. Após encontrar o seguro mais interessante, você pode fazer a contratação online.

Escolha a assistência para contratar seguro automóvel

Guincho, carro reserva, assistência 24 horas são apenas alguns tipos de coberturas que as seguradoras oferecem. Quanto mais serviços o seu seguro auto tiver, mais caro pode ser o valor dessa assistência.

Por isso, antes de contratar seguro automóvel avalie cada uma das coberturas e decida se você precisa delas. Na dúvida, busque entrar em contato com um dos corretores e peça orientação.

Máquina de cartão de crédito: Como escolher a melhor?

O cartão de crédito gerou uma revolução no mercado. Não é difícil perceber com métodos de pagamento que foram usados por anos, foram substituídos pelos cartões. Cheque, crediário em lojas, foram trocados pelo moderno e mais seguro, cartão.

Para quem vende, aceitar cartão de crédito é uma necessidade, já que é raro encontrar quem ande com dinheiro no bolso. Sem mencionar que, ao aceitar pagamentos no cartão, o vendedor tem a certeza de que irá receber seu pagamento, fugindo de calotes.

Com tantas opções de máquinas de cartão para escolher, como saber qual a melhor para o seu negócio?

Para pequenos e médios negócios

Uma boa dica na hora de escolher a máquina de cartão é entender as necessidades da sua empresa. Se sua empresa tem um volume médio de recebimentos no cartão, a opção de máquina com aluguel acabe se tornando inviável. Já que todo mês aquele valor será descontado.

Em empresas médias, ou que precisem de várias maquininhas, a opção com aluguel pode ser uma alternativa melhor. Imagine que seu comércio precise de 10 máquinas, adquirir todas elas de uma única vez, pode ser um gasto muito alto. Nessas situações, o aluguel pode ser uma boa alternativa.

Outra vantagem da máquina alugada, é que caso ela estrague ou acabe se tornando antiga, a empresa de cartão troca ela para você, sem custo adicional. Ou seja, qualquer problema técnico com a máquina de cartões, você pode recorrer a empresa, que presta esse serviço.

No caso da máquina sem aluguel, a empresa até pode prestar assistência. Porém, caso a máquina estrague é responsabilidade do dono fazer a troca.

Outro ponto a ser pensado na hora de escolher uma máquina, é entender as taxas e tarifas praticadas. Além do aluguel, em algumas máquinas, a taxa mais comum é a de vendas realizadas.

No entanto, as empresas de máquinas de cartões cobram tarifas em cima de outros serviços prestados. Por exemplo, adiantamento de recebíveis. Quando você passa uma venda no crédito, ela pode demorar até 30 dias para cair na sua conta. Com o adiantamento de recebíveis, ela pode cair em até 2 dias

Antes de adquirir uma máquina de cartão entenda todos os detalhes e serviços propostos por cada empresa. É essencial saber disso para não cair em armadilhas!