Simulador de cartão de crédito: 2 Formas de realizar a simulação de cartão de crédito

Em geral, quando mais novos, por algum motivo, costumamos pensar que poderemos sempre realizar nossas compras com dinheiro em espécie ou cartão de débito. Parece ser mais rápido, simples, sem faturas. Mas a vida adulta chega e nos deparamos com riscos de assaltos nas ruas e a própria necessidade de poder comprar algo e realizar o pagamento parcelado ao longo dos anos.

Como escolher um cartão de crédito?

O mercado oferece uma grande quantidade de opções de cartões de crédito. São muitas as variáveis a se considerar: sua renda mensal, seus possíveis investimentos… Hoje em dia é complicado migrar de empresa em empresa em busca de melhores opções. Primeiro devido a burocracia onipresente em quase todos os setores terciários do país e segundo devido a contratos e taxas. Uma forma interessante de se preparar e realizar uma boa escolha – e que seja definitiva – é utilizar um simulador de cartão de crédito online.

Manuseando um bom simulador de cartão de crédito

                Antes de tudo, é importante não confundir o ato de simular um certo tipo de cartão de crédito com a prática fraudulenta de utilizar um hacker simulador de cartão de crédito para efetuar compras. Outro possível erro seria utilizar sites que simulam cartões de crédito para que desenvolvedores testem ferramentas no mundo das linguagens de programação. E, por último: utilizar simuladores daqui do Brasil. Daí a importância de consultar sites seguros, como o que vamos recomendar hoje.

1 – Simulador de cartão de crédito: bancos físicos e digitais

                Um dos métodos, por exemplo, pode ser pelo site do Credicard. Na página destinada ao simulador de cartão de crédito, você digita sua renda mensal, escolhe um benefício que atribui ao futuro uso do cartão e pronto! O site sugere várias opções com potencial de satisfação ao cliente. Importante lembrar-se de que esses valores nem sempre irão corresponder à realidade. As instituições de crédito impõem seus valores por influência de uma série de fatores e atualmente o país ainda não está totalmente livre da crise econômica.

            Esses bancos físicos mais tradicionais oferecem vários perfis de contrato: para universitários, aposentados, executivos, entre outros. E existe a alternativa de você solicitar e receber o cartão propriamente dito em sua residência. Mas lembre-se de que você está realmente adquirindo um cartão de crédito. Então é imprescindível que se atente à bandeira e às cláusulas do contrato.

Já em relação aos bancos digitais, muitos deles colhem dados básicos e financeiros e avaliam se aceitarão os clientes que se interessem. Apesar de não se tratar diretamente de um simulador de cartão de crédito, a solicitação do cartão a essas empresas não deixa de ser uma espécie de simulação ou previsão se você irá possui-lo ou não.

2 – Simulador de cartão de crédito: sites simuladores

                O Compareemcasa, logo em sua página inicial, apresenta um simulador de cartão de crédito capaz de realizar a cotação em menos de um minuto. Você primeiramente escolhe um cartão para começar a simulação. A seguir preenche um formulário com dados profissionais, rendas, bancos aos quais é correntista, entre outros. Depois disso informa dados básicos pessoais e realiza a comparação entre os cartões.

Comente aí se você já conhecia esses sites e se conhece mais algum para completar a lista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *