Entenda como usar o limite do cartão de crédito

Cada vez sendo mais utilizado o cartão de crédito é um dos principais meios de pagamento no mercado hoje em dia. É oferecido por bancos sendo vinculados a uma conta corrente e também de forma independente por operadoras de crédito.

O cartão de crédito pode ser usado tanto para realizar compras à vista como para realizar compras parceladas. E o maior atrativo para seus usuários é a possibilidade de realizar compras parceladas. Mas antes de iniciar o uso do cartão de crédito é preciso compreender como funciona seu limite, taxas e cobranças.

O que muitos tem dúvida é sobre o limite do cartão de crédito. O limite do cartão de crédito funciona como uma espécie de crédito pré-aprovado que poderá ser usado em qualquer estabelecimento que o aceite como meio de pagamento. Quem definirá o seu limite do cartão será a o banco ou operadora de crédito de acordo com seus comprovantes de renda e histórico de compras recentes.

Todos que estão adquirindo um cartão de crédito nesse momento terão um limite definido para compras, mas saiba que esse limite não é estático e conforme você for utilizando seu cartão e fazendo o pagamento de suas faturas em dia a operadora de crédito tende a aumentar seu limite.

E o uso desse limite como funciona? O limite do cartão de crédito é um limite único, sendo o mesmo tanto para compras à vista quanto para parceladas. No caso de compras parceladas o valor subtraído do limite é o valor total da compra e não o da parcela, e será liberado novamente para uso conforme as parcelas forem sendo pagas, por exemplo, se você possui um limite de R$ 1000,00 e fez uma compra no valor de R$ 500,00 parcelada em 5 vezes quer dizer que após essa compra restará um limite de R$500,00 e a cada fatura em que for pago o valor de uma parcela acrescentará o valor de R$ 100,00 eu seu limite disponível para uso.

Conta corrente: Como escolher a melhor opção para você

A conta corrente é um serviço que quase todo brasileiro irá precisar um dia em sua vida.

Mas há muitas dúvidas sobre este tópico. Muitas pessoas não entendem qual a sua utilização, quais os custos e como solicitar.

Com o avanço da internet e facilidade de acesso, hoje já é possível entender todos esses processos com uma rápida pesquisa.

Mas com tantas opções de bancos, ainda resta a dúvida de qual a melhor opção de conta corrente.

Neste artigo, você irá descobrir como escolher a melhor opção de conta corrente para você.

Conta corrente: verifique as taxas

O principal ponto para a escolha de uma conta corrente ou qualquer outro tipo de serviço bancário é o valor das taxas.

Essas taxas são utilizadas para a manutenção da própria conta. Mas há opções que são inviáveis para certos tipos de perfis econômicos.

Como opções, surgem as contas online, que dificilmente possuem taxas de conta corrente.

Quanto menor a taxa, melhor a opção para o consumidor. Mas ainda sim existem outros pontos a serem considerados.

Conta corrente: verifique os limites

Os limites das contas correntes também devem ser levados em consideração antes da escolha final.

Isso porque existem opções que são muito restritivas e talvez não atendam o seu tipo de perfil.

No entanto, conta corrente com mais limite também pode significar uma conta corrente com taxas mais altas. Estar atento à isso no momento da escolha é fundamental.

Conta corrente: saiba a reputação do banco

Existem muitas opções de conta corrente disponíveis no mercado. No entanto é preciso saber filtrar quais são as instituições bancárias mais confiáveis.

Fazer essa pesquisa antes da abertura da conta corrente pode evitar dores de cabeça futuras.

Você gostou dessas dicas de como escolher a melhor opção de conta corrente?

Empréstimo Consignado: O que é empréstimo consignado?

Se você esta procurando uma linha de crédito pessoal, com certeza já ouviu ou irá se deparar com a linha de empréstimo consignado, que é uma das linhas de crédito com maior volume de negociação no mercado de crédito nacional.

O empréstimo consignado é uma linha de crédito que possui muitas vantagens tanto para o tomador de crédito, com taxas atrativas, prazos flexíveis, facilidade de aprovação de crédito e pouca burocracia na contratação, assim como é vantajoso para as instituições financeiras que tem um risco de inadimplência baixíssimo nestas linhas de empréstimo consignado.

Como funciona o empréstimo consignado?

O empréstimo consignado é uma operação de crédito pessoal, que tem a antecipação de um valor financeiro ao tomador de crédito, através do parcelamento da dívida e com a cobrança de uma taxa de juros negociada com a instituição financeira.

A grande diferença do empréstimo consignado é que as parcelas do empréstimo são abatidas diretamente na folha de pagamento, no recebimento da aposentadoria ou do benefício do tomador de crédito.

Para exemplificar, se você tem o recebimento de uma aposentadoria de R$ 1000,00 mensais e realizar um empréstimo consignado com parcelas de R$ 200,00 mensais, o recebimento de sua aposentadoria será creditado com o valor já abatido, ou seja, você receberá R$ 800,00 e o órgão responsável pelo pagamento de sua aposentadoria irá repassar o valor da parcela ao banco.

Por este motivo o empréstimo consignado só pode ser efetivado através de um convênio entre a empresa pagadora de seu salário, ou órgão pagador de sua aposentadoria / benefício, com a instituição financeira que irá realizar a operação de crédito consignado.

Quem pode contratar o empréstimo consignado?

O empréstimo consignado pode ser contratado por funcionário públicos, aposentados, pensionistas do INSS e funcionários de grandes empresas privadas que possuem convênios de empréstimo consignado com alguma instituição financeira.

Este é o público alvo para esta linha de empréstimo, já que sem o convênio com a empresa ou órgão responsável pela fonte de renda do tomador de crédito é impossível para instituição financeira realizar a operação.

Empréstimo Consignado melhores taxas:

Dentro as diversas linhas de crédito pessoal disponível no mercado, as linhas de empréstimo consignado tendem a ter as melhores taxas de juros ao se comparar com as outras linhas.

Isso porque o tomador de crédito não tem a “opção” de não pagar a parcela do empréstimo, já que a parcela é diretamente descontada em sua fonte de renda, sem possibilidade de pausar o cancelar o pagamento por qualquer motivo.

Empréstimo consignado para negativados:

Uma das grandes vantagens do empréstimo consignado é poder ser realizado também para pessoas com dívidas no mercado ou mesmo negativadas em órgãos de proteção ao consumidor como o SPC ou Serasa.

Exatamente por ter o pagamento das parcelas diretamente na fonte de renda do tomador de crédito, as instituições de crédito costumam liberar bons recursos financeiros através do empréstimo consignado, que acaba sendo normalmente uma excelente ferramenta para pessoas com dívidas acumuladas poderem conseguir um orçamento extra para quitar as suas dívidas.

Como manter os custos de Manutenção do seu veículo sob Controle

Reparos de automóveis podem ser uma grande fonte de estresse financeiro. Milhões de americanos não poderiam pagar pela conta média de reparo – entre R$ 500 e R$ 600 – sem entrar em dívidas, de acordo com uma pesquisa recente feita pelo clube automobilístico AAA. Os reparos são imprevisíveis e, por sua vez, os proprietários de carros periodicamente precisam também fazer a manutenção de rotina.

Esses custos somam-se rapidamente. os custos médios de reparo e manutenção de um veículo novo em 2017 totalizariam cerca de US $ 1.200 por ano . Manter essas despesas reduzidas pode ajudar a evitar dificuldades financeiras enquanto controla os custos totais do carro . Siga estas diretrizes para manter seus custos de reparo e manutenção sob controle.

Conheça suas coisas

As pessoas, especialmente as mulheres, eram mais propensas a obter um preço melhor nos reparos do carro se demonstrassem ao mecânico que haviam feito algumas pesquisas, de acordo com um estudo de 2017 realizado por pesquisadores. As mulheres também eram mais propensas a obter uma resposta favorável se tentassem negociar o preço. Então arme-se com informações sobre o que os reparos necessários devem custar.

Arme-se com informações sobre o que os reparos necessários devem custar ao tentar obter um preço melhor.

Encontre descontos e verifique as garantias

As garantias para carros novos normalmente duram pelo menos três anos ou 36.000 milhas, o que ocorrer primeiro. Se você estiver dentro desse período de tempo, seus reparos devem ser cobertos. Mesmo carros usados, se comprados de uma concessionária, podem ter uma garantia de peças e mão-de-obra.

Encontre um bom mecânico

Depois de encontrar um mecânico confiável , nunca deixe essa pessoa ir. Se você ainda estiver pesquisando, procure por mecânicos de automóveis certificados pelo Instituto Nacional de Excelência de Serviços Automotivos. Os técnicos certificados pela ASE são proficientes em todas as áreas de reparos e manutenção automotiva e devem atender aos requisitos mínimos de trabalho e passar em um exame.

Pergunte aos seus amigos e familiares para recomendações e, em seguida, verificar comentários para encontrar lojas respeitáveis.

Obter uma segunda opinião

Você não teria uma grande cirurgia sem receber uma segunda opinião, você faria? Trate os principais reparos do carro da mesma maneira. Obter pelo menos um outro mecânico para olhar para o seu veículo para se certificar de que realmente precisa desse novo motor.

Mantenha seu carro – dentro do razoável

Trazer seu carro para manutenção regular pode ajudar a evitar problemas mais caros mais tarde, mas nem todos os serviços são necessários. O manual do proprietário do seu carro inclui um cronograma de manutenção que indica quando fazer a manutenção do seu carro e o que precisa ser feito, portanto, verifique-o para evitar que o trabalho seja feito desnecessariamente.

Manual do proprietário do seu carro tem um cronograma de manutenção que observa quando obter o seu carro reparado e o que precisa ser feito.

Pague a documentação do licenciamento 2019 online em dia. tenha sempre a documentação do Ipva e seguros quitadas, pois assim, poderá obter ajuda caso necessite.

Check-ups recomendados em determinados intervalos de milhagem geralmente envolvem apenas pequenas coisas, como a verificação dos fluidos, que você pode ser capaz de fazer sozinho.

Considere o tipo de carro que você compra

Em última análise, o custo de manutenção do seu carro pode ter mais a ver com o tipo de carro do que qualquer outra coisa. Por exemplo, os veículos asiáticos e domésticos têm custos de reparo semelhantes, enquanto os veículos europeus são um pouco mais caros para consertar, diz Anderson. “Os veículos europeus, para seu crédito, geralmente exigem visitas de manutenção menos frequentes, mas custam mais por visita”, diz ele.

Seja um cliente experiente

Mesmo se você não for mecanicamente inclinado, você pode aprender a ser um cliente mais inteligente e mais experiente na oficina de reparo automotivo. Faça sua pesquisa, faça muitas perguntas, e se algo não parecer certo, vá a outro mecânico. Seu carro e sua carteira irão se beneficiar de sua atenção extra.

 

Bem-vindos!

Escrever a primeira postagem de um blog não é nada fácil. Você está procurando tutoriais, dicas, ideias….que lhe dão o impulso para começar a digitar sem parar. Mas em blogs, cada um é livre de escrever o que quiser, e não há uma chave que se assegure que vá gostar dos leitores e obter sucesso com o que você escreve.

Mas parei para pensar no momento em que decidi criar a minha própria página web com um blog, onde expressar a minha opinião, divulgar de uma maneira correta sobre olhar o mundo….e começou a inspiração.

Vai parecer um cliché, mas vivemos na era das tecnologias e da informação. Qualquer um pode entrar na internet, a partir de quase qualquer parte do mundo e em qualquer momento do dia, para procurar informação sobre o que quiser.

Com esta declaração de intenções, vos dou as boas-vindas a minha página web onde você poderá conhecer melhor o meu trabalho.