Contratar seguro automóvel: 5 Dicas na hora de contratar

Atualmente, os altos índices de roubos de veículos e somente contar com a sorte quando se fala em segurança dos automóveis, são alguns dos motivos para você contratar seguro automóvel. A contratação do mesmo é indicada logo que você adquire seu veículo, afinal, só você sabe quanto de economia esse bem não te custou e você não vai querer perde-lo de uma hora para outra.

Então, se você está pensando em contratar seguro automóvel, fique atento a esse texto, pois separamos 5 dicas na hora de contratar. Confira:

1.    Ressarcimento total em casos de roubo ou furto

Confira se o contratar seguro automóvel que você está pensando em contratar conta com esse tipo de cobertura. Caso o seu veículo seja roubado ou furtado, você não fica na mão. Se ele não for localizado pelas autoridades, a seguradora irá fazer o ressarcimento do valor total de acordo com a tabela FIPE do ano vigente.

2.    Fenômenos naturais

Existem seguradoras no mercado que oferecem coberturas para fenômenos naturais. Se o seu veículo for danificado por situações que você não pode controlar ou prever, como tempestades, descargas elétricas, vendavais e alagamentos, você estará totalmente amparado.

3.    Colisões

Verifique as coberturas de colisões. Todas as pessoas estão propícias a sofrer acidentes e colisões. Seja por sua culpa ou não. Os seguros te darão total assistência, desde o momento, até o conserto do seu veículo e se necessários de terceiros. Assim, você fica tranquilo, de que não terá gastos inesperados.

4.    Acidentes pessoais e de passageiros

Ao contratar seguro automóvel, verifique a cobertura para acidentes pessoais e de passageiros. Nessa cobertura, a seguradora protege quem está dentro do veículo em caso de algum acidente, em caso de mortes ou danos físicos.

5.    Reboque

Contrate um seguro que ofereça reboque. Se o seu veículo sofrer alguma pane elétrica ou de motor, ou até mesmo um acidente e você não conseguir mais andar com seu automóvel, o seu seguro automóvel te dará a assistência através do reboque.

Cartão de crédito: 4 Formas de pedir cartão de crédito com baixas taxas

Hoje em dia, a utilização de dinheiro em papel e cheque como forma de pagamento só cai em desuso. Contudo, a quantidade de utilização de cartão de crédito cresce ano após ano.

O cartão de crédito foi produzido com o objetivo de ser um defensor do orçamento pessoal, graças a seus prazos e parcelamentos, contudo, passou a ser para muitas pessoas, um adversário, isso se deve a muitas vezes causadas das taxas, anuidades e juros fora do controle.

Essas taxas e valores, habitualmente, são esquecidos no instante da obtenção de um novo cartão de crédito, e é lembrado apenas no instante do pagamento das faturas. Esse tipo de questão pode ser amenizado e até mesmo evitado.

Formas de solicitar cartão de crédito com baixas taxas

Existem algumas atitudes que podem ser tomadas no instante da contratação do seu cartão de crédito, junto a intenção de baixar as taxas e anuidades cobradas. Veja a seguir quais são:

1.      Antes de encerrar a negociação compare cartões de diversos bancos:

Faça uma simulação dos cartões oferecidos pelo seu banco e pelas outras instituições financeiras e compare as taxas e serviços oferecidos.

2.      Opte por cartão de crédito que jamais cobre anuidade ou negocie esse valor:

Existem no mercado alguns cartões que não cobram anuidade, dê prioridade para eles.

3.      Cuidado com taxas extras:

Alguns cartões não cobram taxas de juros e anuidade, porém, cobram outras taxas, como de saque, parcelamento de divididas e de serviço. Tais taxas podem sair mais caras do que a anuidade de outro cartão de crédito.

4.      Pesquise as opiniões de pessoas que já possuam o cartão de crédito:

Não existe forma melhor de mensurar um serviço do que a avaliação de quem já o possui, então, procure alguém que já tenha aquele cartão e peça sua avaliação.

Consultar CPF: 2 sites confiáveis para consultar seu cpf

Se você já teve ou tem dívidas pendentes no mercado e deseja conferir como se encontra seu cpf, e qual a dívida que se encontra em aberto, vamos mostrar dois sites confiáveis e gratuitos que oferecem essa consulta.

Normalmente esse serviço de consultar CPF é gerido por empresas de controle de crédito, as quais são privadas e cobram para seu fornecimento. Muitos estabelecimentos são conveniados com essas empresas como SCPC, SPC, Serasa, para poderem realizar consultas quando forem fornecer créditos a seus clientes.

As pessoas físicas que querem realizar a consultar CPF precisam ter certa cautela. Pois muitos sites não confiáveis vão divulgar que oferecem esse serviço, para obtê-lo é preciso fornecer o número de seu CPF. Passar o número desse importante documento à um provedor estranho pode lhe trazer problemas no futuro, caso essas informações sejam usadas de forma ilícita.

Essas empresas que oferecem o serviço de proteção ao crédito para estabelecimentos comerciais, disponibilizam uma contratação de consulta individual para pessoa física de seu próprio CPF. Em seus estabelecimentos físicos oferecem a consulta de forma gratuita, para quem se dirigir até eles.


Algumas delas já oferecem essa consulta online de forma gratuita da situação do CPF. As que oferecem consulta de forma gratuita são o Serasa, através do dite serasa consumidor, e o SCPC. Para realização da consulta da situação de seu cpf, é preciso realizar um cadastro no site dessas instituições. Ambas são duas grandes empresas que oferecem grande credibilidade, sendo as mais confiáveis e indicadas para realizar uma consulta gratuita.

Se você nunca fez nenhuma consulta em seu CPF, vale a pena dar uma conferida no site de alguma dessas empresas. Lembrando que é sempre importante manter seus compromissos financeiros em dia para obter um cadastro positivo de seu cpf. Pois mesmo que sua dívida seja pequena, se não for negociada irá comprometer seu cadastro. Podendo lhe prejudicar em caso de abertura de novos contratos com credores, e aprovação de crédito.